Saiba tudo de Planos de Saúde, adquira já seu convênio médico com desconto e frete grátis !
  Fale Conosco    |  Indique-nos
 
 
  Orçamento On-Line

  Atendimentos

  Depoimentos
 ELISABETH CASTRO
me tornei cliente da empresa conveniosmédicos.com, e desde o início da negociação percebi o profissionalismo de seus col
>> ler mais  
  [ ver todos ]
   Dicas de Saúde - Catarata

Enxergar bem: um direito do idoso

A visita ao oftalmologista pode impedir o avanço de uma das doenças que mais causam cegueira no País: a catarata

Por acometer cerca de 75% das pessoas com idade acima de 70 anos, a catarata é, hoje, uma das principais causas de cegueira no mundo, afetando diretamente a qualidade de vida dos idosos. Segundo estimativas da Sociedade Brasileira de Catarata e Implantes Oculares, 350 mil pessoas ficam cegas todos os anos em decorrência da doença, no Brasil.

Caracterização da doença

A catarata caracteriza-se pela opacificação da lente interna do olho, chamada cristalino, responsável por focar as imagens dos objetos na retina. Com a opacificação desta lente, as imagens captadas pelo olho perdem sua nitidez e qualidade.

Em seu estágio inicial, a catarata causa uma perda discreta da qualidade visual, alterando a visão das cores, que se apresentam mais desbotadas. Outro sintoma comum é a diminuição da acuidade visual noturna, às vezes com certo ofuscamento na presença de focos intensos de luz, como faróis de automóveis. À proporção que a catarata avança, a visão vai ficando progressivamente mais turva e embaçada, prejudicando as atividades mais comuns tais como a leitura, o caminhar ou até assistir TV. “Nos casos extremos, a queixa óbvia é a perda da visão útil. Não são raros os casos de pacientes mais idosos que sofrem quedas e fraturas sérias devido à visão prejudicada pela catarata”, informa o oftalmologista Juan Carlos Sanchez Caballero, que também integra o corpo clínico do IMO.

Como não existe tratamento clínico para a catarata, a única maneira de impedir o avanço da doença e a perda da visão é a cirurgia de remoção do cristalino opaco dos olhos e a colocação de uma lente intra-ocular artificial. “A cegueira causada pela catarata pode ser reversível nos casos em que não há outras doenças oculares associadas, como a degeneração macular, a retinopatia diabética ou o glaucoma”, diz o Dr. Juan Caballero. “É preciso também lutar contra uma antiga crença muito arraigada na população: a deixar a catarata ‘amadurecer’ para depois operá-la. Quanto mais cedo for feita a cirurgia, mais rápida será a reabilitação visual", alerta o oftalmologista.

Como é feita a cirurgia

A técnica cirúrgica mais empregada atualmente é a facoemulsificação, na qual se obtêm resultados melhores e mais rápidos. A técnica utiliza um aparelho chamado facoemulsificador. Faz parte dele um tipo de ‘caneta’ que emite ondas ultrassônicas, capazes de pulverizar o cristalino com catarata. Depois de pulverizado, os fragmentos cristalinianos são aspirados através da pequena abertura pela qual a extremidade da ‘caneta’ foi introduzida dentro do olho. A catarata é removida e em seu lugar é implantada uma lente artificial, chamada lente intra-ocular, que substituirá o cristalino, permitindo a adequada focalização das imagens captadas pelo olho.

As lentes atuais permitem a correção de outros problemas oculares além da catarata, como a miopia, a hipermetropia, o astigmatismo e mais recentemente a presbiopia ou vista cansada. “Cada situação cirúrgica deve ser analisada em particular, para que o oftalmologista possa indicar a melhor lente para cada paciente”, destaca o oftalmologista Juan Caballero.

A anestesia utilizada na cirurgia pode ser uma infiltração local ou gotas de colírio anestésico. Na grande maioria dos casos, a recuperação da visão ocorre logo nas primeiras 24 horas e o resultado é facilmente percebido. Os exames pré-operatórios e os cuidados com assepsia são inerentes aos procedimentos de alta complexidade.

“Com o aumento da população idosa, um dos grandes desafios brasileiros será o de oferecer um atendimento médico adequado à esta parcela da população, que requer cuidados especiais”, diz Virgilio Centurion. De acordo com o médico, a falta de informação e de acesso aos tratamentos é o principal desafio a ser enfrentado no combate à perda de visão decorrente da catarata. “Com o diagnóstico precoce da doença é possível preservar a visão do paciente e assegurar a qualidade de vida do idoso”, informa o oftalmologista.

Veja Mais
 A cada 4 partos no mundo, um é de mãe adolescente
É pouco sabido mas o hortelã dissolve os hematomas sem o risco de que algum coágulo se desprenda...

>> leia agora   
 Impotência e Fumo
É pouco sabido mas o hortelã dissolve os hematomas sem o risco de que algum coágulo se desprenda...

>> leia agora   
 AVC – Acidente Vascular Cerebral
É pouco sabido mas o hortelã dissolve os hematomas sem o risco de que algum coágulo se desprenda...

>> leia agora   
 
Formas de Pagamento :   Acompanhe :      
       
Sobre a Convênios Médicos :  Quem somos |  Cálculo On-line |  Fale Conosco |  Politica de Privacidade |  Tel  11. 5078-4800
Saiba Mais :  Glossário |  Termos Médicos |  Hospitais |  Tira Dúvidas |  Adicionar aos Favoritos |  Depoimentos 
Buscas :  Individual |  Familiar |  Empresarial |  Adesão |  3ª Idade 
©copyright 2017 - Convênios Médicos                                                                                     
 

Esta Política de Privacidade foi criada por acreditarmos ser importante para você saber como as informações aqui recebidas, são tratadas e para demonstrar o compromisso da http://www.conveniosmedicos.com com a segurança e a privacidade das informações recebidas em nosso website http://www.conveniosmedicos.com e para esclarecer como essas informações são coletadas e tratadas.

A Política procura assegurar que as informações aqui divulgadas sejam apuradas, completas e atuais, assim como, visa proteger os dados e informações de visitantes e usuários, além de permitir que os mesmos visitem e naveguem em nosso site sem necessidade de nenhuma identificação.

O Conteúdo de nosso Website é atualizado ou modificado periodicamente, não devendo ser interpretado como definitivo, e sim sempre associado ao momento em que a informação foi coletada. Seguiremos por padrão e segurança o horário de Brasília.

Em algumas ocasiões poderemos necessitar de informações sobre você, tais como seu nome, endereço, telefone, e-mail e o motivo do contato. Quando forem necessárias tais informações, utilizaremos as informações pessoais coletadas apenas para entrar em contato e prestar de forma ilibada a melhor consultoria possível. Invariavelmente, as informações pessoais que coletamos são utilizadas por nós para responder às suas indagações, processar um pedido ou permitir que você acesse informações de seu interesse em nosso website. Em hipótese alguma tornaremos disponíveis os endereços de e-mail daqueles que forneceram informações a outras organizações, sejam elas de que ramo de atuação for.

A http://www.conveniosmedicos.com procura corrigir, o mais rápido possível, eventuais imprecisões ou omissões do conteúdo e informação , mas não assumirá a responsabilidade pela sua utilização indevida, aplicação ou processamento que os usuários possam dar à mencionada informação, em desconformidade com a natureza, propósito e função das informações disponibilizadas.

A http://www.conveniosmedicos.com poderá fornecer acesso externo para outros sites e embora tentemos nos conectar a sites que compartilham de nossos altos padrões de qualidade e de respeito pela privacidade, informamos que seus conteúdos e políticas de privacidade e segurança das informações não são de responsabilidade da http://www.conveniosmedicos.com.

Por isso aconselhamos que nossos usuários, ao serem redirecionados para sites externos, consultem sempre as respectivas políticas de privacidade antes de fornecer seus dados ou informações.

Para ter sua solicitação atendida o usuário terá a opção de efetuar o cadastro, que está condicionado ao fornecimento de seus dados pessoais, bem como a aceitação de cookies de navegação, para identificação do IP do usuário e controle interno de navegação.

Ao fornecer seus dados pessoais, o usuário automaticamente declara conhecer e aceitar os termos desta Política. Serão assim considerados dados como: nome, e-mail, CEP, profissão, endereço completo, idades e quantidade de dependentes.

O usuário cadastrado poderá, a qualquer momento, solicitar que lhe seja informado o conteúdo de seu cadastro e solicitar correções que podem ser feitas pelo e-mail contato@conveniosmedicos.com, ou através do telefone .

Todas as informações encaminhadas pelo usuário serão protegidas de acordo com padrões rígidos de confidencialidade e utilizadas para as seguintes finalidades:
•Contato telefônico por nossos colaboradores para atender sua solicitação;
•Contato de nossa equipe de boas vindas para atestar o bom atendimento;
•Elaborar propostas de comercialização dos nossos produtos para o cliente e seus dependentes;
•Responder às dúvidas e orientar a solicitações diversas dos usuários.

O acesso às informações recebidas é restrito e protegido, cabendo apenas aos integrantes da http://www.conveniosmedicos.com e suas filiais a autorização para o uso adequado dessas informações. Se o usuário desejar que sua conta seja excluída, ele terá à sua disposição o e- mail contato@conveniosmedicos.com e o telefone para pedir a exclusão de conta e dados a qualquer momento, no que será atendido imediatamente. Feita tal exclusão, seu cadastro será desativado da base de dados.

A http://www.conveniosmedicos.com não venderá, trocará ou alugará quaisquer dados pessoais dos usuários cadastrados a quaisquer terceiros, podendo, entretanto, enviar informações capazes de identificar o usuário quando:

•Obtiver seu consentimento para compartilhar tais informações;
•Necessitar compartilhar suas informações para fornecer ou regularizar o produto ou serviço solicitado ou autorizado pelo usuário;
•Necessitar enviar informações para empresas que trabalham em benefício do usuário provendo um serviço ou produto. Exceto se informado de outra forma, essas empresas não terão direito de usar as informações enviadas sobre quaisquer usuários além do que for necessário para atender as necessidades do mesmo ou;
•Houver solicitação das autoridades competentes. Será de total responsabilidade do usuário a garantia da veracidade e exatidão dos dados pessoais fornecidos neste website. A http://www.conveniosmedicos.com não assumirá qualquer responsabilidade no caso da inexatidão dos dados pessoais introduzidos pelo usuário no website, omissão de informação relevante, ou inserção de dados falsos que possam induzir em erro sobre o usuário.

Se qualquer informação fornecida pelo usuário for falsa, incorreta, desatualizada ou incompleta, ou caso a http://www.conveniosmedicos.com tenha razões suficientes para suspeitar que tais informações sejam falsas, incorretas, desatualizadas ou incompletas, a empresa terá o direito de suspender o atendimento de consultoria prestado imediatamente, independente de notificação, sem ser questionada judicialmente em decorrência deste fato.

Todos os dados que os visitantes fornecerem no website da http://www.conveniosmedicos.com através de protocolos de segurança estarão protegidos, a fim de assegurar sua privacidade e autenticidade, à medida que trafegam pela Internet.

Todavia, o website da http://www.conveniosmedicos.com não assegura a plena segurança das informações e/ou dados enviados pelos visitantes caso ocorram eventos que ocasionem casos fortuitos ou motivos de força maior. A http://www.conveniosmedicos.com disponibiliza seu e-mail contato@conveniosmedicos.com e seu telefone fixo para eventuais questões ou dúvidas as quais seus clientes, usuários e visitantes possam ter.
CLIQUE PARA FECHARfechar